ENCONTRE O PRODUTO ENTRE AS NOSSAS CATEGORIAS
VÁLVULAS DE ESFERA
VÁLVULAS BORBOLETA
VÁLVULAS PNEUMÁTICAS
ATUADORES PNEUMÁTICOS
ATUADORES ELÉTRICOS

VIP - Válvulas de Interceptação Pneumática

  • benefícios
  • características
  • dimensões
  • materiais
  • diagramas e esquemas de funcionamento
  • especificações
  • acessórios
  • documentos

1. Diâmetro interno da passagem igual ao diâmetro de passagem do tubo
Passagem total do fluido

2. Atuador e válvula integrados em um único produto
Menor espaço (-60%) e menores custos em comparação com uma válvula atuada

3. Pistão com niquelação química (20-25 mícrons)
Maior proteção contra agentes corrosivos
Menor desgaste das guarnições graças ao aumento da dureza da superfície (400-550 HV)

4. Guarnições a lábio
Menor desgaste da guarnição em comparação com o o-ring

Várias guarnições de vedação
Compatibilidade máxima com diferentes tipos de fluidos, dependendo da guarnição montada (EPDM, NBR, FKM)

Ausência de peças móveis externas
Riscos de acidentes reduzidos
Facilidade de montagem em cada posição

Longa vida garantida
Duração 10 vezes maior em relação à válvula a esfera com custos de manutenção reduzidos

Processo de produção totalmente realizado na OMAL
Controle máximo em todas as fases de processamento

Menor consumo de ar
Economia de ar de 80% em comparação com uma válvula atuada com atuador de efeito simples com consequente menor carga de trabalho do compressor ou possibilidade de usar um compressor com dimensões reduzidas

Certificado ATEX
Permite a instalação na presença de ambiente potencialmente explosivo

Certificado PED
Plena conformidade com as normas de segurança europeias para os dispositivos sob pressão

CARACTERÍSTICAS GERAIS:
Disponível nas versões de efeito duplo "DA" e efeito simples "SR" (ou seja, normalmente aberto e normalmente fechado) com tamanhos de 3/8” a 2”.
Fluxo unidirecional.
Conexões com rosca GAS EN 10226-1 Rp (Ex ISO 7/1) - DIN 2999 (roscas NPT a pedido) com conexões do fluido de comando de acordo com a interface NAMUR.
A otimização da dinâmica de fluidos interna permitiu a realização de um duto com perdas de pressão mínimas: ver o diagrama de fluxos.
Possibilidade de uso em qualquer posição de montagem (horizontal, vertical, oblíqua).
Disponível com guarnições NBR, FKM, EPDM:
- NBR: compatível com ar, gás, óleos, água, etc.
- FKM: excelente compatibilidade com a maioria dos fluidos. Não recomendado para vapor.
- EPDM: ótima compatibilidade com água quente e vapor. Não é compatível com produtos minerais (óleos, graxas, etc.)
Para gás, fluidos explosivos e maiores informações sobre a compatibilidade de materiais, consultar nosso departamento técnico.
Possibilidade de sinalizar a abertura ou fechamento da válvula através da aplicação de interruptores de limite magnéticos externos (disponíveis a pedido, especificando durante o pedido, pois a aplicação não é possível posteriormente).
Em conformidade com a diretiva europeia 2014/68/UE "PED".

Configuração ATEX 2014/34/UE a ser solicitada durante o pedido.

FLUIDO DE COMANDO:

Ar comprimido filtrado não necessariamente lubrificado; com temperaturas de -20°C a 0°C usar ar seco.
Em caso de lubrificação, usar óleo compatível com as guarnições utilizadas.
Pressão de comando: mín. 3 bar; máx. 8 bar na versão de efeito duplo - mín. 4,2 bar; máx. 8 bar nas versões de efeito simples.

LÍQUIDO INTERCEPTADO:

Pressão: máx. 10 bar, consultar o diagrama de temperatura: de -20°C a +80°C (NBR); de -20°C a +150°C (FKM); de -20°C a +150°C (EPDM).
Vedação a vácuo: 97% vácuo (cerca de 30 mbar absolutos, -980 mbarg)

DIMENSÕES    
Diâmetro nominal DN
10
15
20
25
32
40
50
medida  F GAS.
3/8”
1/2”
3/4”
1”
1”1/4
1”1/2
2”
passagem mm.
10
15
20
25
32
40
50
A mm.
54
60
70
76
92
102
115
øB  mm.
46
51,7
63,5
69
86
96
109
C mm.
98
112
135
143
165
180
207
ch. D  mm.
22
27
33
41
50
60
75
E  mm.
31
34
39
42
49
54
60
ar efeito duplo     dm3/cycle
0,024
0,035
0,063
0,080
0,150
0,219
0,310
ar efeito simples    dm3/cycle
0,012
0,017
0,031
0,040
0,075
0,109
0,155
peso efeito duplo "DA"
0,80
1
1,59
1,8
3,13
3,5
5,5
peso efeito simples "SR”
0,85
1,05
1,69
1,88
3,41
3,7
5,8

MATERIAIS   
Pos.
Designação
Qtd
Material
Norma Tratamento  
1
corpo
1
latão
EN 12165 CW617N - niquelado
2
manga
1
latão
EN 12165 CW617N - niquelado
3
sede de vedação
1
latão
EN 12165 CW617N - niquelado
4**
guarnição de batente
1
NBR/FKM/EPDM

5**
guarnição a lábio
2
NBR/FKM/EPDM

6**
O-ring da hasteo
2
NBR/FKM/EPDM

7
pistão
1
latão
EN 12165 CW617N - niquelado
8**
O-ring do pistão
1
NBR/FKM/EPDM

9
etiqueta técnica
1
Poliéster

10
etiqueta OMAL
1
Poliéster

11
anel de batente
1
latão
EN 12164 CW614N - niquelado
12**
O-ring de manga
1
NBR/FKM/EPDM

13
mola (apenas para SR)
1
Aço inoxidável


** Detalhes do kit de substituição

PRINCÍPIO DE FUNCIONAMENTO
A válvula de interceptação pneumática VIP (de patente exclusiva da OMAL) é, para todos os efeitos, uma válvula automática que agrupa, em um único dispositivo, seja o mecanismo de interceptação (entre o duto C-D) que aquele de comando (A-B).
O princípio de operação é baseado no movimento interno de um pistão devido à pressão do fluido de comando. Uma vez terminado o curso do pistão (VIP é uma válvula on/off), ele pressiona ou se destaca da guarnição da sede de vedação, permitindo ou impedindo a passagem do líquido interceptado.
Como a vedação ocorre na sede e as pressões do fluido interceptado se descarregam nesta, a pressão necessária para o movimento do pistão é independente da pressão do fluido interceptado. Isso permite conter os pesos e volumes ocupados e garantir um número altíssimo de operações de abertura e fechamento. A válvula é a passagem total e o estudo cuidadoso da dinâmica de fluidos interna permite reduzir ao mínimo as turbulências e as quedas de pressão.

Válvula fechada
Ao introduzir ar no furo de controle "A" (o furo "B" deve ser para descarga), o pistão, uma vez terminado o seu curso, pressiona a guarnição da
sede de vedação: a válvula está fechada.
Nas versões EFEITO SIMPLES, a mola está alojada na câmara "A", o que significa que, na ausência de comando, o pistão está em contato com a guarnição da sede de vedação: a posição preferencial é, portanto, a fechada.

Fase de transição
Durante a fase de transição (a figura indica o transitório de abertura da versão EFEITO DUPLO), a pressão é aplicada a um dos dois furos de alimentação. O pistão se move axialmente, alterando o estado de abertura ou fechamento pré-existente.
Na versão EFEITO SIMPLES N.C., o fechamento é determinado pela mola (na ausência de comando).
Na versão EFEITO SIMPLES N.A. a abertura é determinada pela mola (na ausência de comando). A fase de transição, tanto na abertura quanto no fechamento, tem duração inferior a um segundo.

Válvula aberta
Ao introduzir ar no furo de alimentação "B" (o furo "A" deve ser para descarga) o pistão, uma vez terminado o seu curso, se encontra a uma distância máxima da sede de vedação: a válvula está aberta.
Nas versões EFEITO SIMPLES N.A., a mola está alojada na câmara "B", o que significa que, na ausência de comando, o pistão está longe da sede de vedação: a posição preferencial é, portanto, a aberta.

VIP com válvula solenóide NAMUR

Válvula solenóide 5/2 de acordo com NAMUR
A válvula solenóide é configurada para a seleção entre a função de 5/2 e 3/2
vias que é executada usando a placa de interface apropriada
da eletroválvula.
Potência absorvida D.C.: 2,5 W
Potência absorvida A.C.: 2 W
Tolerância da tensão de alimentação: ± 10%
Classe da isolamento da bobina:  F
Grau de proteção com conector: IP 65
Conexão elétrica: PG 9
Conexões pneumáticas: alimentação 1/4”; descarga 1/4” ISO 228
Pressão eletroválvula máx.: 10 bar
Temperatura do fluido de alimentação: de -10°C a +80°C
Temperatura ambiente: de -10°C a +50°C

ELETROVÁLVULA NAMUR 
Eletroválvula
ER8188A2
ER8188A4
ER8188A5
ER8188C2
ER8188C4
Voltagem
24V AC
115V AC
230V AC
24V DC
110V DC

VIP com microeletroválvula

Microeletroválvula universal compacta
A conexão da eletroválvula é realizada diretamente na entrada de ar do atuador, eliminando qualquer peça intermediária e parafusos de
fixação.
Eletroválvula do tipo 3/2 com um solenóide disponível com as
seguintes tensões: 24-110-220V AC; 12-24V DC.
Potência absorvida na partida - A.C.: 9 VA
Potência absorvida em estado estacionário - D.C.: 5 W
Potência absorvida em estado estacionário - A.C.: 6 VA
Tolerância da tensão de alimentação: ±10%
Classe de isolamento do fio de cobre: H
Classe de isolamento da bobina: F
Grau de proteção com conector: IP 65
Conexão elétrica: PG 9 (360° ajustável)
Conexão pneumática: 1/8” ISO 228 ISO 228 (360° ajustável)
Pressão eletroválvula máx.: 10 bar.
Temperatura do fluido de alimentação: de -10°C a +50°C
Temperatura ambiente: de -10°C a +50°C
Diâmetro nominal da passagem 1,3 mm.

MICROELETROVÁLVULA 
Eletroválvula
EP415024
EP415110
EP415220
EP412012
EP412024
Voltagem
24V AC
115V AC
230V AC
12V DC
24V DC

O VIP foi configurado para o uso de interruptores de limite magnéticos, que são fornecidos com um kit que permite uma rápida fixação na maior parte da circunferência externa. Os ímãs para detectar a posição por meio de interruptores de limite se encontram dentro, consequentemente, eles podem ser instalados somente durante a montagem do VIP e não na fase sucessiva. Por esse motivo, é necessário especificar na hora do pedido o requerimento de interruptor de limite.

Diagrama elétrico dos interruptores de limite

CARACTERÍSTICAS ELÉTRICAS DOS INTERRUPTORES DE LIMITE 
Indicador de comutação  
LED
Grau de proteção  P
IP 67
Tensão nominal a corrente contínua
3÷250 V dc
Tensão nominal a corrente alternada  
3÷250  V ac
Queda máxima de tensão
2,5 V
Potência máxima em corrente contínua
50 W
Potência máxima em corrente alternada  
50  VA
Corrente máxima a 25°C (carga resistiva)
1 A
Proteção contra os picos de tensão indutivos
250 VR
Proteção contra polaridade inversa
·
Carga máxima aplicável (bobina com supressor de sobretensão)

Maximum applicable load (coil with overvoltage suppressor)
10 W
Carga máxima aplicável (bobina simples)
10 W
Carga máxima aplicável (PLC)  
·
Vida elétrica (carga resistiva 20% pot. máx. distância curta entre carga e interruptor)
10x106
Repetibilidade
0,1  mm
Tempo de acionamento (carga resistiva)
2  ms
Tempo de liberação (carga resistiva)  
0,1  ms
Temperatura de uso
-30÷+80 °C
Resistência ao impacto (11ms)
50 g
Resistência às vibrações
1000 Hz
Tipo de sensor
1
Cabo de conexão 2m
n° 2 fios

CONFIGURAR DIRIGIR
Selecionar os parâmetros de pesquisa
PESQUISA DE ITEM
X FECHAR

PRÓXIMO EVENTO

VALVE WORLD EXPO 2020
VALVE WORLD EXPO 2020
Düsseldorf, 1st - 3rd december 2020