ENCONTRE O PRODUTO ENTRE AS NOSSAS CATEGORIAS
VÁLVULAS DE ESFERA
VÁLVULAS BORBOLETA
VÁLVULAS PNEUMÁTICAS
ATUADORES PNEUMÁTICOS
ATUADORES ELÉTRICOS

Válvula pneumática ARES-ATENA

  • benefícios
  • características
  • dimensões
  • materiais
  • diagramas e torques de partida
  • especificações
  • acessórios
  • documentos

ARES

1. Guarnição posicionada no cilindro ao invés de no pistão
Se obtém um maior curso do atuador e do obturador a ele conectado, garantindo grandes aberturas da passagem na sede (menor perda de carga)
Menor desgaste da guarnição

2. Insertos da cabeça de comando em 303 S.S.
Aumenta consideravelmente a resistência à corrosão causada por agentes externos

3. Do pistão metálico DN63 com revestimento em NÍQUEL-QUÍMICO (10-15 mícrons)
Se reduz o desgaste do pistão graças à obtenção de uma maior dureza superficial (700-750 HV)

4. Guarnições pré-carregadas por mola
Garantem a recuperação das folgas devido ao desgaste causado pelo deslizamento linear do eixo evitando vazamentos para fora
Permitem manter energizadas as guarnições "chevron" (em V), compensando as variações dimensionais mesmo diante de variações de temperatura consideráveis

5. Guarnições tipo "chevron" (em "v") com 5 guarnições na parte inferior e 3 na parte superior da mola
Se garante uma vedação perfeita mesmo após um número de ciclos elevado

6. Eixo rolado
Menor desgaste das guarnições graças à baixa rugosidade (0,1 mícron Ra) do eixo que facilita o deslizamento

7. Calibre longo
Melhor dinâmica de fluidos com redução das turbulências

8. Obturador oscilante/autoalinhador
Se adapta perfeitamente à sede no corpo da válvula, garantindo uma vedação máxima

Certificação ATEX
Permite a instalação na presença de um ambiente potencialmente explosivo

Certificado PED
Cumprimento total das normas de segurança europeias para dispositivos pressurizados

ATENA

1. Guarnição posicionada no cilindro ao invés de no pistão
Se obtém um maior curso do atuador e do obturador a ele conectado, garantindo grandes aberturas da passagem na sede (menor perda de carga)
Menor desgaste da guarnição

2. Insertos da cabeça de comando em 303 S.S.
Aumenta consideravelmente a resistência à corrosão causada por agentes externos

3. Guarnições pré-carregadas por mola
Garantem a recuperação das folgas devido ao desgaste causado pelo deslizamento linear do eixo evitando vazamentos para fora
Permitem manter energizadas as guarnições "chevron" (em V), compensando as variações dimensionais mesmo diante de variações consideráveis de temperatura

4. Guarnições tipo "chevron" (em "v") com 5 guarnições na parte inferior e 3 na parte superior da mola
Se garante uma vedação perfeita mesmo após um número de ciclos elevado

5. Eixo rolado
Menor desgaste das guarnições graças à baixa rugosidade (0,1 mícron Ra) do eixo que facilita o deslizamento

6. Obturador oscilante/autoalinhador
Se adapta perfeitamente à sede no corpo da válvula, garantindo uma vedação máxima

Certificação ATEX
Permite a instalação na presença de um ambiente potencialmente explosivo

CARACTERÍSTICAS GERAIS:
Conexões roscadas conforme a EN 10226-1 Rp (ex ISO 7/1) para válvulas Ares; ISO 228/1 para válvulas Zeus. Outros tipos de conexões a pedido.
Montagem em cada posição: horizontal, vertical, oblíqua.
Gama disponível entre DN 15 a DN 50 entre 3/8” a 2” em versões de duplo efeito, efeito simples normalmente fechado de cima e abaixo do obturador, efeito simples normalmente aberto debaixo do obturador.
Em conformidade com a diretiva europeia 2014/68/UE "PED"
Configuração ATEX 2014/34/UE a ser solicitada durante o pedido

As diferentes versões dos acionamentos, as várias combinações da válvula e a possibilidade de interceptar o fluxo por cima ou por baixo do obturador, dão origem várias versões da válvula automática.
As tabelas a seguir listam as versões standard com os principais parâmetros de funcionamento.
Dependendo do tipo de válvula e da variação na pressão ΔP que deve ser interceptada antes e depois da mesma, é identificada a pressão de comando necessária para o acionamento e, consequentemente, o código da válvula correspondente.
A pedido: versões para vácuo e uso de oxigênio.

FLUIDO DE COMANDO:
Fluido de pilotagem: ar comprimido lubrificado ou seco, gases e fluidos neutros;
Temperatura ambiente: entre -10°C a +60° C

FLUIDO INTERCEPTADO:
Ar, água, álcool, óleos, combustíveis, soluções salinas, vapor, etc..(no entanto compatíveis  com A 351 CF8M O CuSn5Zn5Pb5-B )
Pressão de utilização entre 0 a 16 / 25 bar (vapor a 180°C entre 0 a 10 bar) dependendo do tamanho e versão escolhidos (consultar as páginas a seguir).
Temperatura entre -10°C a +180°C.
Viscosidade máxima 600 cst (mm2/s).

ARES

ARES DIMENSÕES
DN [mm]
G * [polegada]
ATUADOR
A
B
C
D
øE
F
ch. L
H
15
3/8”
Ø 50
190
156,5
169
44
70
85
25
12
15
1/2”
Ø 50
190
156,5
169
44
70
85
25
15
20
3/4”
Ø 50
195
160,5
176
44
70
95
31
16,3
20
3/4”
Ø 63
213
178,5
194,4
50,5
84,4
95
31
16,3
25
1”
Ø 50
200
164
183
44
70
105
38
19,5
25
1”
Ø 63
219
183
202
50,5
84,4
105
38
19,5
25
1”
Ø 90
259
223
242
66,2
116,4
105
38
19
32
1”1/4
Ø 50
208
167,5
191
44
70
120
47
19
32
1”1/4
Ø 63
226
185,5
209
50,5
84,4
120
47
19
32
1”1/4
Ø 90
266
225,5
249
66,2
116,4
120
47
18
32
1”1/4
Ø 110
302
261,5
285
77,4
140,6
120
47
18
40
1”1/2
Ø 63
231
191
218
50,5
84,4
130
54
18
40
1”1/2
Ø 90
271
231
258
66,2
116,4
130
54
20
40
1”1/2
Ø 110
307
266
294
77,4
140,6
130
54
20
50
2”
Ø 63
245
200
233
50,5
84,4
150
66
20
50
2”
Ø 90
285
241
274
66,2
116,4
150
66
20
50
2”
Ø 110
321
276
310
77,4
140,6
150
66
20
*A pedido a versão com rosca NPT

ATENA

ATENA DIMENSÕES

Versões em
DN [mm]
G *[polegada]
ATUADOR
A
B
C
H
39
ø61
F
ch. L
15
3/8”
Ø 40*
146
120,5
133,5
12
39
61
65
25
15
1/2”
Ø 40*
146
120,5
133,5
13
39
61
65
25
20
3/4”
Ø 40*
153
127,5
141,5
14,3
39
61
75
31
*A pedido a versão com rosca NPT

ARES


ARES MATERIAIS
1
Corpo da válvula
A351-CF8M (316 S.S.)
2
Tubo empanque
A351-CF8M (316 S.S.)
3
Haste
316L S.S.
4*
Guarnições da haste
PTFE-CF
5*
Guarnição do corpo
GRAFITE
6
Obturador
316L S.S.
7
Guarnição do obturador
PTFE
8
Cabeça de comando
Poliamida PA 66 + GF 30%
9
Pistão
Latão  niquelquímico(PBT + GF 20% cabeza ø40 - ø50)
10
Insertos piloto
303 S.S.
* Para aplicações de alta pureza, estão disponíveis guarnições de haste em PTFE virgem e guarnição corpo em Peek

ATENA


ATENA MATERIAIS  
1
Corpo da válvula
A351-CF8M (316 S.S.)
2
Tubo empanque
A351-CF8M (316 S.S.)
3
Haste
316L S.S.
4*
Guarnições da haste
PTFE-CF
5*
Guarnição do corpo
GRAFITE
6
Obturador
316L S.S.
7
Guarnição do obturador P
PTFE
8
Cabeça de comando
Poliamida PA 66 + GF 30%
9
Pistão  
PBT + GF 20%
10
Insertos piloto
303 S.S.
* Para aplicações de alta pureza, estão disponíveis guarnições de haste em PTFE virgem e guarnição corpo em Peek

ARES

ATENA

Modo de emprego

Limitador de curso
Permite limitar o deslocamento do obturador da válvula em abertura e, portanto, ajustar a vazão. Disponível para todas as versões. Nas versões de efeito simples normalmente abertas também pode ser usado como controle manual de emergência.

Comando
 A mm
Código
∅ 50 25,5
KLJL0016
∅ 63 21,5
KLJL0018
∅ 90 5,2
KLJL0021
∅ 1105,9
KLJL0023

Não disponível com cabeça ∅ 40.

Controle manual de emergência
Permite que a válvula seja aberta em caso de emergência (falta de fluido piloto, falha do sistema, ausência de sinal de pilotagem, etc.). Disponível para todas as válvulas nas versões normalmente fechadas.

Comando  
mm
Código
∅ 50
35,8
KLJA0016
∅ 63
35,8
KLJA0018
∅ 90
29,5
KLJA0021
∅ 110
29,5
KLJA0023

Não disponível com cabeça ∅ 40.

Eletropiloto 3/2 - Eletroválvula 3/2 - 5/2

Eletroválvula de comando
Eletropiloto 3/2 para montagem direta.
Corpo e bobina ajustáveis em 360°
Controle manual standard.
Eletroválvula (NAMUR) configurada para a seleção entre a função 5/2 e 3/2, que é realizada girando a placa de interface da eletroválvula em 180 °.
Controle manual standard.
Temperatura ambiente de -10°C a + 50°C

Voltagem
24 Vac115 Vac230 Vac12 Vdc24 Vdc
Eletropiloto
EP415024EP415110EP415220EP412010EP412024

Voltagem
24 Vac115 Vac230 Vac12 Vdc24 Vdc
Eletroválvula NAMUR* ER8188A2ER8188A4ER8188A5ER8188C1ER8188C2
Interface NAMURKBNJ0001

* A ser usado apenas com interface NAMUR

Caixa de sinalização
Caixa de sinalização para o controle de posição aberto ou fechado com dois interruptores de limite mecânicos ou indutivos é adequada para montagem em toda a série de válvulas com atuadores ∅50 - ∅63 - ∅90 - ∅110.
A pedido, estão disponíveis terminais para conectar a eletroválvula e os indicadores visuais através de LEDs.
Grau de proteção IP 65
Temperatura ambiente de -20°C a + 70°C
Acesso a cabo n°1 PG11
Material de revestimento em poliamida com tampa transparente de polimetacrilato.

Comando
A
mm

∅ 50  
52,1
∅ 63
47,5
∅ 90
37,7
∅ 110
29,5

TIPOS DE INTERRUPTORES DE LIMITE DISPONÍVEIS

Interruptores de limite indutivos NAMUR EExia
Tensão nominal: 8 Vcc
Consumo de : acionado ≤1 mA; liberado ≥3 mA
Temperatura de operação: de -20°C a +70°C

ConfiguraçãoCódigo 
1 interruptor de limite: alto na posição da válvula aberta
KSIN9A0xx
1 interruptor de limite: baixo na posição da válvula fechada
KSIN9C0xx
2 interruptores de limite válvula aberta e fechada
KSIN920xx


Interruptores de limite de proximidade
Tensão nominal: 10÷30 Vcc
Consumo: 15 mA;
Temperatura de funcionamento: de -20°C a +70°C

Configuração Código 
1 interruptor de limite: alto na posição de válvula aberta
KSI09A0xx
1 interruptor de limite: baixo na posição de válvula fechada
KSI09C0xx
2 interruptores de limite válvula aberta e fechada
KSI0920xx

Interruptores de limite mecânicos
Interruptor de limite alto: válvula aberta
Interruptor de limite baixo: válvula fechada
Carga máxima: 5A 250 Vac; 1A 250 Vdc

Configuração
Código
2 interruptores de limite
KSM0C20xx

xx = Ø cabeça de comando  
16 = Ø50
18 = Ø63
21 = Ø90
23 = Ø110

CONFIGURAR DIRIGIR
Selecionar os parâmetros de pesquisa
PESQUISA DE ITEM
X FECHAR

PRÓXIMO EVENTO

Chem Uk 2021
Chem Uk 2021
NEC, Birmingham, 15th - 16th September 2021